Número total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Da palração

Amigos censuram-me por postar pouco. É verdade. Evito contribuir para a parlanda nacional, tão bem captada por Mário de Carvalho:

"Assola o país uma pulsão coloquial que põe toda a gente em estado frenético de tagarelice, numa multiplicação ansiosa de duos, trios, ensembles, coros. Desde os píncaros de Castro Laboreiro ao Ilhéu do Monchique fervem rumorejos, conversas, vozeios, brados que abafam e escamoteiam a paciência de alguns, os vagares de muitos e o bom senso de todos. O falatório é causa de inúmeros despautérios, frouxas produtividades e más-criações.
Fala-se, fala-se, fala-se, em todos os sotaques, em todos os tons e decibéis, em todos os azimutes. O país fala, fala, desunha-se a falar, e pouco do que diz tem o menor interesse."

Mário de Carvalho, Fantasia para dois coronéis e uma piscina

1 comentário:

Sofia disse...

Seja coisa de avô babado, angústia de escritor, desabafo de professor ou orgulho de agricultor, para esta leitora exigente ler um post novo é sempre estar mais perto de casa...
Por isso concordo, o blogger podia bloggar mais. Tens de te habituar às exigências do público!