Número total de visualizações de página

domingo, 5 de agosto de 2012

Grande GNR!

Que tão bons resultados fornece para as estatísticas! Não é que apanha um produtor caseiro de cannabis por dia? Espantoso. Suponho que  se trate de produção para consumo próprio, da tal que  prejudica os traficantes. Há, portanto, que a combater encarniçadamente. Fico à espera que a GNR apresente resultados semelhantes no combate ao roubo e tráfico de cobre e aos sucateiros receptadores. Aos assaltantes de caixas multibanco com  explosões de gás. À gatunagem, grande e pequena.
(Com excepção de raros medicamentos, café e bebidas alcoólicas, nunca toquei em substâncias estupefacientes).

1 comentário:

Reinaldo Amarante disse...

Vendo o peixe conforme mo venderam:
Há muitos anos (finais da década de 70 do século passado) a PSP do Entroncamento fez uma queima de liamba no pequeno espaço ajardinado que tem logo à entrada das instalações. Passado algum tempo, uma planta cresceu bonita e viçosa no local. Como as folhas eram bonitas, a senhora que fazia as limpezas da esquadra, achou-lhe graça, regava-a com regularidade.
Só reconheceram o que era quando a "planta" já tinha cerca de um metro e meio... O que aconteceu depois já não me lembro...