Número total de visualizações de página

sábado, 19 de janeiro de 2013

Divagações em dia de invernia

Esquecemos-nos do que era Inverno e Verão, por isso precisamos dos alertas coloridos da Meteorologia para saber se nos devemos resguardar, ou aquecer, ou refrescar. Convencemo-nos de que nós mandávamos e a Natureza obedecia. Elegemos por responsáveis pelos nossos percalços os governantes, pelo que, quaisquer que sejam as  asneiras que façamos, haverá sempre alguém para nos salvar, no mar, nos rios, nas montanhas, na neve. Se por culpa das autoridades, que não nos alertaram adequada e atempadamente para o risco de desabamento de falésia, ou de mar violento, ou de avalanche, alguém morrer,  todas as diligencias serão feitas, sem olhar a despesas, para recuperar, resgatar, como agora se diz, o corpo. 
Aí de quem se atrever a recordar fábulas com cigarras e formigas. Aí de quem defender que o infortúnio advém sempre da nossa incúria, do nosso desleixo. 
Aí de quem disser que somos responsáveis por aquilo que nos sucede.

Sem comentários: