Número total de visualizações de página

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

De volta ao karaté

Após paragem forçada de mais de um mês --  férias, canícula e lesões de final de época a tal obrigaram -- eis-me de regresso aos treinos. Com uma semana de atraso, culpa da infecção de garganta que me atirou para a cama.
Tanto para rever, tanto para corrigir! A Via é ilimitada, dizem os antigos mestres. Enquanto o corpo responder, melhor ou pior, há que persistir. E os resultados neste regresso não são satisfatórios, na força que falta, na técnica sempre imperfeita, como bem mostra esta primeira parte de Jion, a minha Tokui-Gata ('forma' favorita).

1 comentário:

Reinaldo Amarante disse...

Como compreendo as tuas palavras. Tanto mais sentido fazem, quanto mais os anos passam e na Via ("Do") que escolhemos trilhar temos a percepção que nos aproximamos da Perfeição mas, ao mesmo tempo, que ela parece afastar-se...
Para não entrar em lugares comuns, há muito que adoptei Torga(penso que não será sacrilégio citá-lo neste momento)quando diz: "Falta-me ainda um verso...". A mim faltam-me muitos...
Bom trabalho.