Número total de visualizações de página

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Literatura sem palavras

A "Universidade do Porto lança um desafio à criatividade, ao sintetismo e à imaginação de toda a comunidade: escrever um micro-conto de ficção com apenas 100 palavras..."

Aprecio o micro-conto, já escrevi alguns, mas cem palavras? Como contar uma história, transmitir ideias, exprimir sentimentos e sensações, criar ambiente, num texto do tamanho deste post? Tudo se faz, evidentemente, mas a que preço? Se há matéria em que a miniaturização me parece pouco apetecível, ei-la.
Avizinha-se uma nova literatura, especialmente concebida para analfabetos: sem palavras, para não ser preciso ler. Idealmente, uma página em branco, para acompanhar com música bem batida.
(100 palavras)

Sem comentários: