Número total de visualizações de página

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Desabafo

As notícias cansam-me depressa, não sei se por feitio, se por excesso de atenção. Se por encontrar sempre a mesma história, cada vez mais mal contada. A falta de paciência para telejornais e debates estendeu-se aos jornais e agora até já me escasseia o apetite para a leitura da maior parte dos blogues que sigo. Enjoa-me a obsessão dos seus autores na defesa ou no combate ao primeiro-ministro demissionário, na dissecação das medidas, reais ou imaginárias, do verdadeiro governo nacional, a troika. Por mim, acredito que quanto mais se mexe na merda, pior ela cheira; penso que atacar sistematicamente Sócrates é dar-lhe visibilidade que não merece e aumentar as suas probabilidades de vencer as próximas eleições; julgo que fossar na crise e nas suas consequências é um desperdício de energia que não nos torna mais felizes nem aumenta a produtividade ou a produção nacionais, ao contrário, por exemplo, do que sucede quando amanhamos a terra que décadas de cavaquismo e socratismo tornaram improdutiva.

Sem comentários: